A cultura japonesa e suas expressões do dia-a-dia

Veja e aprenda sobre a cultura japonesa e suas expressões do dia-a-dia!

A cultura japonesa é algo realmente fascinante. Acho que já cansei de dizer, mas continuo repetindo que ela é bem diferente da cultura ocidental por possuir muitas particularidades.

A cultura japonesa e suas expressões do dia-a-dia

Normalmente a cultura de um povo se reflete no idioma fadado por eles, mas nenhuma outra cultura que eu conheça, apresentou tantos aspectos diferentes na língua quanto à cultura japonesa. E neste artigo, espero poder apresentar a você, algo um pouco diferente dos livros, aproximando as pessoas ainda mais de uma cultura tão interessante como é a cultura japonesa.

Passe o mouse sobre os símbolos japoneses para ver a pronúncia e a tradução deles.

A cultura japonesa e a influência no idioma

Quando falo que a cultura japonesa se reflete no idioma, quer dizer que a cultura japonesa pode mudar o significado das expressões já conhecidas. Normalmente os livros as ensinam de uma forma, mas ao obter contato com os japoneses, percebemos que as coisas não são bem assim. Isso não quer dizer que os livros estejam errados, mas apenas que faltou alguma informação neles.

Prazer em conhecê-lo ou Conto com você

O primeiro exemplo disso que veio em minha mente foi o caso de よろしくお願いします.

Apesar de seu uso ser comumente associado com o fato de estar conhecendo uma pessoa pela primeira vez, a cultura japonesa também permite usa-lo quando pedimos um favor ou deixamos uma tarefa sobre a responsabilidade de alguém.

Numa tradução mais literal, vejo よろしくお願いします como eu peço humildemente que você dê atenção ao que estou lhe pedindo ou simplesmente conto com sua ajuda. Ao que pude perceber, a cultura japonesa não vê essa transferência de responsabilidade como algo nobre, por isso, exige bastante humildade da pare de quem pede um favor.

Sinto muito ou Obrigado

O segundo caso é o nosso tão conhecido すみません. Quando o conheci, ele estava associado com um pedido de desculpas, mas a cultura japonesa foi modificando seu significado até ele se tornar algo parecido com um agradecimento. Mesmo sendo meio estranho, すみません também pode ser usado para agradecer um favor.

Suponha que você esteja andando pelas ruas do Japão e deixe cair algo como sua carteira ou as chaves do carro. Nesse momento, um japonês que vinha andando na sua direção, pega o que você deixou cair e lhe devolve. Em momentos como esse eu esperava ouvir どうも ou ありがとう, mas parece ser mais comum ouvir すみません.

Novamente eu pensei numa tradução mais literal, que explicasse melhor este caso, e encontrei a tradução Eu sinto muito por ter feito você se preocupar (inquietar, aborrecer….) e tomar uma atitude em meu favor. Obrigado.

A cultura japonesa agradece duas vezes

Esse fato foi um dos que achei mais interessante, devido à alta diferença entre a nossa cultura e a cultura japonesa. Pelo que eu li a respeito disso, quando um japonês recebe um presente, por exemplo, ele agradece no exato momento. Depois de alguns dias, quando se encontrar novamente com você, ele vai dizer この間はありがとうございました.

Dependendo de quanto tempo vocês passaram sem se encontrar depois da entrega do presente, a expressão pode mudar fazendo uso dos advérbios de tempo. Se o japonês recebeu o presente ontem e se encontrou com você hoje, ele vai dizer 昨日はありがとうございました.

O interessante de tudo isso, é que a cultura japonesa espera que você agradeça o favor ou presente pelo menos duas vezes, uma vez no momento em que tudo acontece, e uma segunda vez, quando se encontrarem novamente. Isso serve como um sinal de que realmente ficamos agradecidos com o que aconteceu.

A cultura japonesa e suas reverências

É impossível falar de よろしくお願いします e não lembrar do お辞儀, aquela reverência japonesa tão comum de ver em filmes, animes e seriados.

O modo mais correto de realizar o お辞儀 parece ser apenas curvar se para frente até formar um ângulo de quarenta e cinco graus entre o tronco e as pernas, mas nada disso deve ser muito preciso. O resto das orientações e modo de posicionamento das mãos não me parece ter um certo padrão. Apesar disso, vou tentar descrever os modos mais comuns que conheço.


No caso dos homens, é preferível manter as mãos junto ao corpo, posicionando-as nas laterais das pernas, como se estivesse em posição de sentido, e depois curvar-se para frente. Já no caso das mulheres, é mais comum levar as mãos para frente e deixar as duas mãos juntas, formando um triângulo com os ombros, braços e as mãos. A imagem abaixo ilustra melhor as duas posições.

Reverência japonesa feminina

A cultura japonesa e suas expressões do dia-a-dia - reverencia japonesa feminina

Reverência japonesa masculina

Vale notar que quando conhecemos alguém pela primeira vez, normalmente a reverência precisa ser mais profunda e mais lenta, curvando-se muito mais que o normal. Isso simboliza o tamanho do respeito que temos pela outra pessoa. Nos demais casos, não é necessária uma reverência tão profunda.

A cultura japonesa Do genkan

O genkan é uma pequena área na porta de entrada das casas japonesas e alguns outros lugares. A tradição manda que, antes de entrar, devemos retirar os sapatos nessa região. É muito fácil reconhecer o genkan, uma vez que o piso dele é ligeiramente diferente do chão da casa.

Isso é algo que muitos de nós já conhecemos, mas o que alguns não sabem, é que não podemos deixar os sapatos de qualquer forma no genkan. Observe a imagem abaixo para ver uma forma incorreta de uso do genkan:

Forma errada de usar o Genkan

genkan

A cultura japonesa orienta que as pessoas devem retirar os sapatos, ou tênis, e deixa-los num canto do genkan. Devemos deixá-los literalmente nas extremidades de forma que não dificulte as outras pessoas de calçarem seus sapatos quando estiverem saindo.

Forma correta de usar o Genkan

Caso isso não aconteça, os japoneses ficarão com a impressão de que o dono daqueles sapatos não tem muita educação ou senso de comunidade. Em alguns casos, pode até ser vergonhoso. Abaixo seguem outras imagens que mostram o uso correto do genkan.

Abaixo segue um pequeno vídeo demonstrando como usar o genkan ao entrar dentro de case e mais algumas informações. Ele está em inglês mas dá para ilustrar bem o bom uso do genkan.

Concluindo finalmente…

Não sei se vocês gostam de artigos grandes, mas é que as vezes eu me empolgo um pouco aqui no língua japonesa. Sei que ainda existem muitas coisas sobre a cultura japonesa que não mencionei aqui, mas procurei me deter no que acredito ser essencial.

Algumas coisas podem não ter saído como esperado, mas tentei focar sobre alguns pontos curiosos da cultura japonesa ou aqueles que influenciam o idioma. Espero que tenham gostado.

Exercício de caligrafia de kanjis

Abaixo seguem os símbolos japoneses ideográficos usados neste artigo. Selecionando os kanjis desejados copie-os e cole na Planilha para prática de Kana e Kanji , será aberta uma nova janela onde você vai poder ver o arquivo para impressão e praticar a caligrafia japonesa cobrindo os símbolos cinzas e depois tentando escrever sozinho. É só imprimir e praticar.