Como Aprender Japonês

Aprender o idioma japonês, pode até ser um pouco difícil no começo, mas sabendo a maneira correta para aprender, pode deixar muito mais fácil seu aprendizado.

Como meu Sensei explicou, para uma pessoa ser fluente em um idioma, que no caso é o japonês, depende de alguns fatores e o mais importante é o input.

O que é Input?

Nada mais é do que informações que você absorve, ou seja, tudo que você recebe. Como exemplos podemos citar ouvir e ler. Output seria falar e escrever.

Para simplificar Input seria a entrada e output a saída.

Agora já sabemos que para começar com o pé direito é preciso fazer muito input, vamos então conhecer um pouco mais sobre o idioma japonês.

Alfabeto Japonês

Hiragana

Possui cerca de 48 caracteres e cada um corresponde a uma silaba. Por exemplo; か é pronunciado KA.Veja a imagem abaixo:

Alfabeto Japonês Hiragana

Katakana

Também possui 48 caracteres, assim como o hiragana, e é mais usado para escrever palavras que tenha origem estrangeira. Um caractere do katakana também representa um silaba; カé pronunciado KA.

Alfabeto Japonês Katakana

Kanji

O alfabeto mais popular do japonês é também o que possui a maior quantidade de caracteres se comparado com o Hiragana e katakana, muito maior mesmo! São mais de 40 mil caracteres/ideogramas, porém para que você seja fluente são necessários cerca de 2 mil kanjis.Uma grande diferença é que um kanji representa uma ideia e não apenas uma silaba, um exemplo:

Alfabeto Japonês Arvore Kanji

Ajuda no Trabalho de Escrita

O Alfabeto japonês é composto por Hiragana, katakana e kanji. Para aprender sozinho ou com um Sensei os dois primeiros são simples, já o kanji é um pouco mais complicado, mas não impossível de aprender. Como meu Sensei diz, foque em aprender a palavra e não um kanji isoladamente, pois geralmente um kanji tem várias leituras até mesmo na mesma frase/sentença.

Todos os 3 alfabetos japoneses são usados ao mesmo tempo nas sentenças japonesas.

Não podemos esquecer de duas opções que são uma espécie de auxiliares para quem está aprendendo o idioma japonês, que são o Romaji e Furigana.

O que é Romaji?

Ajuda na pronuncia e entendimento da escrita japonesa, como já vimos nas imagens indicadas acima. Cada caractere japonês foi “romanizado” para nosso alfabeto latino/romano para que qualquer estrangeiro possa entender e pronunciar de forma correta. Um exemplo que citei acima seria か=KA.

O que diz o Wikipedia:

O rōmaji (ローマ字? , lit. “letra romana”) é empregado na transcrição fonética da língua japonesa para o alfabeto latino (ou romano). O japonês é escrito normalmente ou em kanjis (cerca de dois mil ideogramas) ou em hiraganas e katakanas (48 cada alfabeto). A romanização está presente onde há mensagens destinadas a estrangeiros, como nas sinalizações de rua, em passaportes, em dicionários e em livros didáticos para os estudantes da língua. É a transliteração da língua japonesa.

O que é Furigana?

Uma forma de auxiliar para quem está aprendendo kanji. Geralmente vemos em mangas, animes palavras que estão em cima do kanji, escrito geralmente em hiragana, para ajudar a saber a pronuncia e significado.

Lembre-se que para começar a fazer input é preciso aprender a ler em japonês. Aprendendo a ler você já pode devorar livros, mangas, animes, filmes e muito mais.

Bem, você conheceu um pouco sobre o idioma japonês e seu alfabeto, em breve mais dicas!

Ganbate!

Fonte imagem: Prorgrama Japonês Online

Deixe um comentário