Quando ler um kanji em Onyomi ou Kunyomi?

Tem dúvidas para saber quando a leitura é um kanji em Onyomi ou Kunyomi? Esse artigo pode te ajudar!

O objetivo deste artigo não é mostrar uma regra de quando e como ler um kanji. Assim como em todos os idiomas, na língua japonesa também existem exceções.

Então este artigo servirá como guia para evitar problemas de leitura e também como forma de aprofundar nosso conhecimento sobre os fantásticos ideogramas japoneses.

O que é o Onyomi e o Kunyomi?

Nos artigos introdutórios sobre a língua japonesa, aprendemos que os símbolos usados no Japão foram importados da China e que, por causa disso, os kanjis possuem no mínimo duas leituras (formas de pronúncia).

Estas duas leituras são conhecidas como Kunyomi (訓読み) e Onyomi (音読み).

A leitura kunyomi é a leitura japonesa e a onyomi é a leitura chinesa. A onyomi foi desenvolvida a partir de sua origem chinesa e também foi adaptada ao longo dos anos para fazer parte do idioma japonês.

A kunyomi é a pronúncia nativa do Japão e que já era usada antes da importação do alfabeto chinês.

Por exemplo, 川 (rio em japonês) pode ser pronunciado como SEN (onyomi) ou como kawa (kunyomi).

Ajuda no Trabalho de Escrita

Kawa é a palavra japonesa para rio. Então, quando o kanji川 foi importado da China, tanto a pronúncia quanto o significado foram associados com o símbolo川.

Uma dica importante sobre dicionários

Em muitos dicionários, você vai encontrar a leitura romanizada de um kanji de duas formas. Uma em caixa alta (letras maiúsculas) e outra em letras minúsculas.

Normalmente a leitura em caixa alta representa a leitura onyomi e a em letras minúsculas representam a leitura kunyomi.

Assim podemos distinguir as duas leituras enquanto pesquisamos o significado de um kanji.

Quando usar a leitura onyomi e kunyomi?

Como regra geral e simplificada, podemos afirmar que a leitura kunyomi é usada para kanjis simples e únicos, enquanto a onyomi é usada para kanjis compostos por dois ou mais símbolos.

Vamos ver mais exemplos?

Exemplos de leitura kunyomi (kanjis simples)
人 – ひと(hito) – Pessoa
口 – くち(kuchi) – Boca

Exemplos de leitura onyomi (kanjis compostos)
人口 – じんこう(jinkou) – População

Perceba que じん é a leitura chinesa de 人 e こう é a leitura chinesa de 口. Assim, para formar a palavra população juntamos os dois símbolos (人 e口) com suas leituras chinesas.

Como mencionado no início deste artigo, existem exceções para esta regra. Mas essas exceções serão esclarecidas em outras oportunidades.

Apesar disso, este artigo serve como ponto de partida para sabermos quando usar a leitura kunyomi e a onyomi.

Até mais.
じゃまた。

Deixe um comentário