Planos e intenções com tsumori

Fique por dentro sobre planos e intenções com tsumori no idioma japonês!

Falar em japonês sobre nossos planos e intenções é algo mais simples do que parece.

Planos e intenções com tsumori

Para isso, vamos precisar da palavra つもり, que não possui um significado específico, mas nas frases de hoje, ela terá um significado próximo ao de “planejar algo” ou “pensar em realizar alguma coisa”.

Conjugando verbos em japonês com つもり

Algo interessante, é que つもり é invariável, não possuindo flexão ou mudança de forma nos vários tempos verbais. Na verdade, para indicar o tempo da ação, é necessário conjugar o verbo que aparece antes do つもり ou o です no final da frase.

Presente afirmativo

Usar つもり é algo muito simples. Basta criar uma frase comum e adicionar つもり logo após os verbos em japonês na forma do dicionário, ou modo informal dos verbos em japonês. Além disso, frases com esta construção permitem o uso de ですlogo após o つもり.

Só lembrando que o です pode assumir a forma  no uso coloquial e です no modo formal. Para relembrar, sugiro uma leitura nos artigos: O verbo ser em japonês com desu e seus tempos verbais.

Exemplos:

新しい車を買うつもりだ。

Eu penso (estou pensando ou tenho intenção) em comprar um carro novo.

来年、日本へ行くつもりです。

No próximo ano, penso (estou pensando ou tenho intenção) em ir ao Japão.

Veja também:
O “mas” em japonês
Curso rápido de japonês

Presente negativo

Primeiro vamos observar os três exemplos abaixo:

来年、日本へ行くつもりはありません。

No próximo ano, não planejo ir ao Japão. (não tenho intenção de ir ao Japão.)

来年、日本へ行くつもりはない。

No próximo ano, não penso em ir ao Japão. (não tenho intenção de ir ao Japão.)

来年、日本へ行かないつもりです。

No próximo ano, penso em não ir ao Japão. (não tenho intenção de ir ao Japão.)

Perceba que a conjugação dos verbos japoneses é realizada sempre na forma do dicionário, com exceção para です, que pode aparecer no modo coloquial ou formal.

Se você é um bom observador, também percebeu algo bem estranho com です. Quando usamos つもり, a forma negativa de です muda para はありません (no modo formal) e はない (no modo informal).

Passado afirmativo

Novamente, podemos conjugar o です ou o verbo que aparece antes de つもり. Observe os exemplos abaixo:

去年、日本へ行くつもりでした。

Ano passado, pensei em ir ao Japão. (tive a intenção de ir ao Japão)

去年、日本へ行くつもりだった。

Ano passado, planejei ir ao Japão. (tive a intenção de ir ao Japão)

去年、日本へ行ったつもりです。

Ano passado, pensei em ir ao Japão. ou Planejei ter ido ao Japão. (tive a intenção de ir ao Japão)

Passado negativo

Como o passado negativo é uma afirmação contrária ao passado afirmativo. A idéia transmitida por つもり muda completamente.

Exemplos:

去年、日本へ行くつもりはありませんでした。

Ano passado, não pensei em ir ao Japão. (não tive a intenção de ir ao Japão.)

去年、日本へ行くつもりはなかった。

Ano passado, não planejei ir ao Japão. (não tive a intenção de ir ao Japão.)

去年、日本へ行かなかったつもりです。

Ano passado, pensei em não ir ao Japão. (tive a intenção de não ir ao japão.)

Cuidado com つもり

Por ter o sentido de intenção, planejar, acreditar ou estar convencido de alguma coisa, o uso indiscriminado de つもり pode causar problemas de comunicação. Além disso, つもり também pode aparecer na forma de kanji 積もり.

O fato de つもり passar uma idéia negativa, dependendo do contexto é claro. Em casos assim, o falante pode estar falando de uma intenção, ou convicção, que não é necessariamente verdade.

Exemplo:

母は元気な積もりです。

Minha mãe acredita (pensa ou está convencida de) que está saudável.

Outro ponto importante a ser notado é que つもり não é adequado para falar sobre o que outra pessoa pensa ou deseja fazer. Para isso, existem outros caminhos que serão abordados em artigos posteriores.

Abaixo veja um vídeo explicando mais sobre os planos e intenções com tsumori:

Exercício de caligrafia de kanjis

Abaixo seguem os símbolos japoneses ideográficos usados neste artigo. Selecionando os kanjis desejados copie-os e cole na Planilha para prática de Kana e Kanji , será aberta uma nova janela onde você vai poder ver o arquivo para impressão e praticar a caligrafia japonesa cobrindo os símbolos cinzas e depois tentando escrever sozinho. É só imprimir e praticar.

Deixe um comentário